Walking Tours SANDEMANs – Como é o tour grátis

IMG_20131022_201118
Antes de viajar decidi pesquisar alguns walking tours nas cidades pelas quais eu iria passar. E foi assim que conheci o site do SANDEMANs New Europe. A ideia me parecia ótima, pois assim como qualquer viajante com pouco orçamento, tudo que aparece de graça é bem-vindo. Quando entrei no site e vi as opções de tours para Paris e Madri, optei pelos gratuitos, afinal queria testá-los e claro, conhecer mais a fundo as cidades.

Nosso guia em Paris: um típico espanhol!

O primeiro tour que fiz foi em Paris. No dia do passeio de bike, o guia esperava os interessados na recepção do meu hostel. Eu já havia feito a reserva pelo site, mas como descobri depois, você pode ir sem reserva e fazer a inscrição na hora. Havia duas opções de idiomas para o passeio, eu claro, escolhi o em espanhol. Coincidentemente, o guia que foi nos buscar no hostel era brasileiro. Durante o trajeto ele contou que era de Florianópolis e um determinado dia foi para Paris e decidiu ficar. Como se apaixonou pela cidade, tornou-se guia e não tem vontade nenhuma de voltar ao Brasil. Por que será né?!

Chegamos à praça onde funciona o ponto de encontro com todos os guias. Lá ficamos conhecendo o nosso guia espanhol, Agustin. No início houve um pequeno constrangimento. Quando ele nos perguntou de onde éramos e dissemos Brasil, Agustin recusou a nossa participação no tour. Exatamente, recusou! Primeiro achei que ele estava brincando. Mas não. Ele explicou que sempre que brasileiros faziam o tour, abandonavam na metade por diversos motivos, entre eles, citou os três principais:
– Brasileiro ACHA que entende espanhol, mas minutos depois fica entediado e desiste.
– Brasileiro não é acostumado a andar por mais de uma hora. Por isso, meia hora depois desiste.
– Como o trabalho não é pago, são os turistas que valoram o trabalho do guia. Ou seja, cada um paga o que achar que valeu o tour e a explicação. No caso dos  brasileiros, como abandonam o tour antes do final, os guias acabam não recebendo nada.
Sim, ele era charmoso. Eu achei!

Por conta desses três argumentos foi difícil convencê-lo. Mas ao final garanti que eu era uma hispanohablante nascida no Brasil por acaso (leia-se preguiça da cegonha em me levar até a Espanha e por isso me deixou cair no Brasil),  adorava caminhar e estava louca para conhecer Paris ao som do idioma espanhol. Garanti que estaríamos com ele até o final. Depois dessa insistência, ele deixou. Nós duas éramos as únicas brasileiras no grupo.

Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Antes da caminhada de 3h recarreguei a energia com um crepe de Nutella
Posso dizer que foi o melhor tour que já fiz. Agustin era engraçado, conhecia muito da cidade e conseguiu deixar cada ponto turístico ainda mais interessante. Sem contar que era mega charmoso.
Mas a cada ponto que parávamos, ele explicava a história, dava alguns minutinhos para fotos e logo em seguida olhava em volta para ter certeza de que estávamos mesmo acompanhando.
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Uma das primeiras paradas. Oh Paris! *-*
Durante o passeio, que durou 3 horas, ele também deu dicas de lugares gastronômicos que eram seus preferidos. E ao final explicou os outros tours pagos que a SANDEMANs oferecia em Paris. Como disse no início, o tour é anunciado como grátis e ao final o turista paga quanto achar que valeu. Eu paguei 10 euros por motivos de pouco orçamento. Mas a maioria dos turistas pagaram 20 euros.
Se o nosso tempo em Paris não fosse tão pouco, certamente teríamos feito os outros também.
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
O amor pesa! Por isso de tempos em tempos a prefeitura troca as grades da ponte, quando ficam muito pesadas.
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Os dois lugares que o guia considera espetaculares para provar a gastronomia francesa
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Uma cena típica Parisiense
Início do tour. (Foto: Facebook SANDEMANs NEW Paris Tours)

Em Madri também reservei um tour. Apesar de já conhecer um pouco da cidade, me encanta saber os dados históricos. O nosso tour começou na Plaza Mayor e desta vez foi um passeio mais pela história e cultura espanhola. Diferente do tour em Paris, onde víamos os pontos turísticos, o city tour em Madrid mostrava monumentos que têm um valor histórico para a cidade e que estão numa mesma zona, perto da Plaza Mayor. A nossa guia tinha muito conhecimento e sabia contar isso de maneira que despertava  o interesse.

Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
O tour iniciou na Plaza Mayor e durou cerca de 2h30
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Nossa guia Sandra nos contando que o monumento em memória das vitimas do atentado contra Alfonso XIII e Victoria Eugenia . A história é a seguinte: em 1906, uma  bomba camuflada num ramo de flores foi jogada aos reis Afonso XIII e a sua esposa Vitória Eugénia de Battenberg, que saim da Igreja dos Jerónimos, onde acabavam de se casar. Ao total, 23 pessoas morreram e 100 ficaram feridos. Os reis saíram ilesos.  O atentado foi obra de um anarquista de Barcelona chamado Mateo Morral, que quando estava prestes a ser detido, suicidou-se com um tiro no peito.
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Madrid  *-*
Ao final, ambos os tours agregaram muito na minha viagem e a partir de agora, sempre que for para uma das cidades oferecidas pelo grupo, com certeza farei o walking tour, afinal, há várias opções.
Mas a razão deste post não é apenas contar como foram os meus passeios, mas sim dar a dica para quem está indo a Amsterdam, Barcelona, Berlim, Copenhagen, Dublin, Edimburgo, Lisboa, Paris, Madri, Londres, Jerusalém, Nova York ou outras cidades da Europa. Não apenas para quem tem pouco orçamento, mas sim para quem quer conhecer mais da história do destino onde está e ainda, fazer amizades com outros viajantes.  Não é necessário fazer a inscrição antes. Você pode ver onde são os pontos de encontro e chegar 15 minutos antes do horário marcado. Eu escolhi fazer em espanhol, mas para quem domina o inglês, tem esta opção também.
E caso você se disponha a fazer o tour, faça-o até o final. Assim ajudamos a mudar essa imagem que se tem dos brasileiros. E também porque se o profissional de turismo está dispondo do tempo e do conhecimento dele para agregar à sua viagem, nada mais justo do que prestigiá-lo e recompensá-lo ao final.
Walking Tours SANDEMANs, Paris, Madri, tour a pé grátis
Viajar é estar sempre de braços abertos para o mundo!
*** Minha viagem contou com a cobertura da Assist-Med Brasil, que em parceria com o blog, cedeu o meu seguro viagem. ***
Ledinara Batista

Ledinara é jornalista, blogueira e estudante de turismo. Curitibana que adora turistar pela cidade, descobrindo lugares novos. Principalmente se esses lugares tiverem doces, guloseimas e Nutella! Suas descobertas estão aqui, no blog Férias NOW, onde dá dicas para você tirar férias, nem que seja em pensamento.

Leave a Reply