U Hostels – Hostel Boutique em Madri

HOSTEL capa

Quem me acompanhou pelas redes sociais em novembro sabe que passei alguns maravilhosos dias em Madrid.
Fui para fazer um curso super especial – com o jornalista de viagens Paco Nadal – que conto detalhadamente para vocês NESTE POST.

Fazia dois anos que eu não ia à Madrid. Das outras vezes sempre me hospedei próximo à Gran Via, o coração da cidade. Porém, desta vez, enquanto buscava um hotel, me deparei com um hostel especialmente convidativo: o U Hostels.

Além de colorido, está localizado no centro de Madrid, a algumas quadras da Gran Via e próximo ao Parque del Retiro. O que mais me chamou a atenção nele foi o fato de estar instalado num antigo palácio que foi totalmente reformado. Sim, o hostel possui cinco andares, diversas opções de quartos e me parecia muito bem recomendável pelas resenhas do tripadvisor.

Cada andar é de uma cor.

Cada andar é de uma cor.

Entrei em contato com eles e reservei metade da minha estadia em um quarto compartilhado e a outra metade em um quarto privado. Assim, além de economizar um pouquinho, poderia conhecer melhor as opções do hostel.

Ele está localizado pertinho da estação de metrô Alonso Martinez. E bem próximo também do início da Calle Fuencarral (repleta de lojas, padarias e que dá direto na Gran Vía).

IMG_1934

Estação de metrô Alonso Martinez

A recepção é 24h e os atendentes são super prestativos.

Apesar de ser um palacete antigo, o prédio conta com elevador, então você não sofre com as malas. E como o check in é após às 14h, eles disponibilizam um lugar para deixar as malas, caso você chegue antes desse horário ou precise deixar as malas depois do check out. Foi o meu caso.

IMG_2322

IMG_2320

O U Hostels é relativamente novo, foi inaugurado em 2012. A ideia era que fosse um hotel onde se pudesse viver experiências de um hostel. E um hostel com a qualidade e os serviços de um hotel. Eles conseguiram!

Logo na entrada, é possível perceber que o hostel está preparado para receber hospedes cadeirantes.
Na recepção, caso o viajante não tenha levado adaptador de tomadas, é possível alugar no próprio hostel e ao entregar no check out, o valor é devolvido. Também é possível alugar toalhas, caso você não tenha levado nenhuma.

Foto: U Hostels

Foto: U Hostels

No térreo também está localizado o restaurante/bar, onde é servido o café da manhã incluso na diária. O ambiente é amplo, com uma decoração descontraída, perfeito para sentar de manhã e planejar como vai ser o dia. E ainda conta com uma máquina de bebidas e guloseimas, caso a fome aperte de madrugada.

IMG_2316

IMG_2315

Foto: U Hostels

Foto: U Hostels

Ao lado está a sala de espera, com computador para ser usado pelos hóspedes. Aliás, em todos os andares há pelo menos um computador com internet liberado para os viajantes.

Ainda no térreo há banheiros, lavanderia, cozinha e uma sala de cinema, com diversos pufes e um telão para assistir aos filmes. Não fiquei muito tempo dentro do hostel a ponto de aproveitar um cinema, mas acredito que para quem vai ficar uma temporada mais longa, é um ponto a mais no entretenimento. E por falar em entretenimento, não faltam boas opções. Todos os dias, às 11h da manhã saem grupos para tours gratuitos pelo centro de Madrid. À noite há opções que vão desde Pubcrawl e noite de jogos com Sangria grátis.

IMG_2318

Nos quatro primeiros dias fique num quarto compartilhado feminino, com 6 camas, o U6, no terceiro andar.
Cada cama tinha sua letra, a qual correspondia também à um armário para guardar a bagagem. Para quem quer manter seus pertences com ainda mais segurança, precisa levar cadeados ou pode compra-los na recepção. Eu não usei nenhuma vez e não tive nenhum problema.

Em cada uma das camas há tomada, luminária individual e um espaço na cabeceira para guardar celular, bijuterias, ou o que você precisar ter fácil acesso durante a noite.
O colchão era confortável em todas as camas do quarto. Quando cheguei ele estava vazio, então aproveitei para ver todas as camas antes de escolher a minha.

Fiquei nesse quarto, mas acabei perdendo a foto. Por isso, estou usando a foto de divulgação do U Hostels.

Fiquei nesse quarto, mas acabei perdendo a foto. Por isso, estou usando a foto de divulgação do U Hostels.

A roupa de cama é cedida logo no check in e precisa ser devolvida na recepção, na hora do check out.

O quarto coletivo que eu fiquei não tinha banheiro privado. Porém isso não foi problema em nenhum momento. Em cada andar há vários banheiros, chuveiros e pias. Todos sempre muito limpos. Em nenhum momento encontrei nenhum deles sujo e usei em períodos diferentes do dia. Os funcionários da limpeza ficam atentos o tempo todo. E a gente sabe o quanto um banheiro limpo faz a diferença numa hospedagem, né?!

IMG_2321

1972514_637677242972039_904483132_n

Em cada andar há diversos banheiros e chuveiros, com pias em frente. Nunca está lotado. É bem tranquilo de usar. Foto: U Hostels.

Nos últimos três dias mudei para o quarto privado, no segundo andar.

Se eu já tinha gostado da cor (era pink) e decoração do quarto compartilhado, é porque ainda não tinha visto a do privado. Linda!

Aliás, no U Hostels, cada quarto é de uma cor e tem decoração descontraída.
Fique no quarto COOL, todo na cor laranja, muito bem iluminado e espaçoso, ideal para casais.

IMG_2330
Nele, há uma cama de casal (na verdade, duas de solteiro juntas), um balcão com espelhos e banheiro privativo. Para quem opta por ele, as toalhas estão incluídas.

As janelas enormes permitem que ele seja muito bem iluminado, além de proporcionar uma gostosa experiência. Sim, por que pelo menos para mim, acordar pela manhã, abrir a janela e dar de cara com a arquitetura típica de Madrid, proporciona uma gostosa lembrança de viagem.

IMG_2327

IMG_2329

IMG_2328

IMG_2326

IMG_2325

No quarto privativo tem amenities. \0/

IMG_2319

Janela com sacada. <3

O café da manhã, como disse, estava incluso na minha diária. Mas a verdade é que apenas dois dias pude aproveitá-lo, pois, como há inúmeras padarias próximas ao hostel, eu queria conhecer o máximo possível delas também. Inclusive, há uma Le Pain Quotidien (minha preferida) muito perto, na calle Fuencarral.

Churros no café da manhã. Tem coisa mais espanhola do que isso? Tem! Mas amo churros mesmo assim!

Churros no café da manhã. Tem coisa mais espanhola do que isso? Tem! Mas amo churros mesmo assim!

O U Hostels está localizado na Calle Sagasta, entre as estações de metrô Alonso Martinez e Bilbao. Dali é fácil e perto ir a pé para Castellana (onde estão os museus mais visitados: o Museu do Prado, o Thyssen e o Reina Sofía), Sol, Gran Vía, Chueca ou Fuencarral (a rua de lojas). O bairro é tão gostoso, que você vai andar e nem perceber o quanto andou. Aliás, Madrid inteira é assim: um convite sedutor para caminhar.

10015635_637676679638762_386575246_n (1)

Esse é o lindo prédio do U Hostels. Foto: U Hostels.

IMG_2331

IMG_2332

QUANTO CUSTA?
O U Hostels é considerado um hostel boutique, mas nem por isso tem preços muito caros.
O quarto compartilhado, para 6 pessoas, onde fiquei as primeiras noites, a diária custou 23€.
Já, o quarto privativo, onde fiquei as últimas noites, custou 65€
As reservas podem ser feitas diretamente pelo site deles: http://www.uhostels.com/reserva/.

IMG_0797

Colorido e alegre em todos os pisos.

ONDE FICA?

Calle Sagasta, 22.

Telefone: (+34) 91 445 03 00.

Site: www.uhostels.com

Facebook: www.facebook.com/UHostels

IMG_2333

Ledinara Batista

Ledinara é jornalista, blogueira e estudante de turismo. Curitibana que adora turistar pela cidade, descobrindo lugares novos. Principalmente se esses lugares tiverem doces, guloseimas e Nutella! Suas descobertas estão aqui, no blog Férias NOW, onde dá dicas para você tirar férias, nem que seja em pensamento.

Leave a Reply