Thermas de Sulina – Turismo Ecológico no Sudoeste do Paraná

DSCN3853

Como vocês sabem, tenho uma coluna de turismo no jornal Eco Curitiba, a Próxima Parada.

Pois, foi através dela que me veio o convite para um Mídia Day em Thermas de Sulina. Confesso que não sabia da existência de uma cidadezinha chamada Sulina até ter recebido o convite.

Sulina está a 450 km de Curitiba, localizada na região Sudoeste do Paraná. Pequena, tranquila, é uma típica cidade de interior. Colonizado por imigrantes alemães e italianos no início da década de 50, o município de pouco mais de 3,5 mil habitantes tem sua base econômica na agricultura, em especial a produção de leite, soja, milho e feijão. Um cenário bucólico, onde o tempo parecer passar devagar, ideal para abrigar um recanto do eco turismo: Thermas de Sulina.

flor 01

O “Caminho das Águas”, como é carinhosamente chamada Thermas de Sulina, é responsável pelo turismo da região. Na alta temporada, o município chega a receber até 2mil turistas por final de semana. E mais do que lazer, também é responsável por movimentar a economia da região, pois gera mais de 40 empregos diretos e traz turistas  que costumam comprar nos comércios locais. 

recepcao

E foi esse recanto que fui convidada a conhecer num final de semana. O Pedro, diretor de Marketing e Comunicação das Thermas de Sulina, organizou dois dias de lazer e recreação para jornalistas da região. De Curitiba, o Férias NOW! foi o único blog convidado. Que honra!

Fomos (fui com uma amiga) de ônibus até Pato Branco. Saí daqui na sexta-feira 22h30 e cheguei em Pato às 6h30 da manhã de sábado. Apesar das 8 horas de estrada, o ônibus era leito, então foi bem confortável.
De Pato Branco pegamos um carro até Sulina. Mais 1h20 de percurso. Cortamos as cidades de Coronel Vivida, Chopinzinho e São João.

Na chegada fomos recebidas pelo Pedro e o sr. João, o gerente geral do Thermas, e acomodadas num charmoso chalé. Ali começava o meu fim de semana relax.

chale 01

chale

Enquanto conhecia a infraestrutura do empreendimento, ficava pensando em como poderia defini-lo, afinal a ideia que eu tinha de Thermas era de um lugar para descansar apenas. Mas o que vi ali é entretenimento para a família toda, de todos os gostos e idades.

As piscinas são deliciosamente aquecidas com águas termais sulfurosas, com temperatura a até 37,5°C e tem várias escalas de profundidade. Eu, que não sei nadar e geralmente não morro de amores por piscinas, passei os dois dias me sentindo uma patinha na água. Mesmo sem sol, não queria sair de dentro delas.

piscina 1

Ao total são seis, uma delas com dois tobogãs, que garantem a alegria da criançada. E em outra há um bar molhado, que garante a alegria dos pais da criançada. Além dessas, haverá também uma piscina coberta, que está em fase de construção e ficará pronta para o inverno. 

pisci 01

pisci 02

pisci 03

Pelo fato de a água vir quente e pura, direto da fonte, não há uso de produtos químicos, como cloro, por exemplo. E todas as piscinas são esvaziadas no final do dia para a limpeza e em seguida recebem água limpa novamente.

pisci 04

pisci 05

pisci 06

Depois de tomar um super café-da-manhã, no estilo colonial, com direito a pães caseiros, salames, doces, geleias, bolos, e inúmeras guloseimas, fomos gastar a energia em um passeio de barco pelo rio Iguaçu, para fazer a Rota das Cachoeiras. O tempo não quis ajudar muito, estava nublado, o Sol sumia, dava lugar a uma garoa rápida e logo depois voltava. Mas isso não ofuscou a beleza do passeio. Passamos pertinho de três lindas cachoeiras. No total são quatro cachoeiras localizadas no majestoso Rio Iguaçu e uma no belo Rio Capivara, um rio de águas cristalinas e corredeiras que são um convite aos esportes radicais.

barco 02

barco 03

barco 1

barco 04

barco 2

barco 05

Uma das cachoeiras te faz lembrar que logo ali, ‘pertinho’ estão as Cataratas do Iguaçu. Já a outra cachoeira, convida a uma escalada. Em breve o hóspede do Thermas poderá fazer rapel ali. 

Dá só uma olhada como é linda a cachoeira de pertinho. Video!

Outro atrativo da rota das águas é a pesca do Lambari, peixe típico e abundante na região e que oferece horas de diversão garantida.

barco 06

barco 07

Melissa, eu e a Tati

barco 08

barco 09

barco 10

Seu João me ajudando a não escorregar

Já passava das 14h quando o ‘Seu’ Sérgio nos esperava com um delicioso almoço na em Praça de Alimentação. O senhor Sérgio é o cozinheiro do Thermas de Sulina. Chileno, natural de Viña del Mar, ele é apaixonado pelo que faz, seu maior orgulho é ver os visitantes bem alimentados. Ele trabalha com a sua esposa e tem um espírito nômade. Viajou por vários lugares do mundo e de cada um deles trouxe algum segredo culinário. Juntos, esses conhecimentos proporcionam um delicioso tempero.

praça

praça 2

seu sergio

‘Seu Sérgio’

A tarde foi de descanso, afinal esse é um dos intuitos quando se vai a um Thermas, o relaxamento.

No final da tarde experimentei mais uma das atrações: a tirolesa.

Adoro tirolesas (desde que elas não terminem no meio da água). E a do parque é sensacional! Você vai parar do outro lado do rio, cruzando 500 metros de descida . Fui mais de uma vez, óbvio! E se não tivesse uma pequena rampa para subir a pé, na volta, acho que eu teria ido umas dez vezes.

tirolesa 1

tirolesa 2

Melissa estava animada na subida…

tirolesa 3

A vista que se tem lá de cima

tirolesa 4

tirolesa 5

AQUI! tem um vídeo mostrando como foi.

tirolesa 6

Será que podemos chamá-la de corajosa?
tirolesa 7

Tati estava animada

A noite terminou com mais um banquete do Seu Sérgio. Como eu sou formiga, não poderia deixar de citar uma sobremesa que me fez repetir várias vezes. No almoço lá estava ela, a Torta de Limão. Comi até não poder mais. No jantar, perguntei, brincando, ao seu João se havia uma raspinha de tigela da torta do almoço, e para minha surpresa eis que tinha uma torta inteira novinha me esperando. Repeti três vezes e quase sequestrei a tigela para me fazer companhia durante a madrugada.

No domingo pela manhã fomos fazer o passeio de caiaque. Barco eu sempre encaro, de boa, mas caiaque é algo que sempre tive o pé atrás. Sempre me imaginei entrando em um, sentando e puft!, ele virando.
Esses caiaques eram novinhos, fomos os responsáveis por estreia-los. São feitos de fibra, um material que os deixa mais estáveis e torna mais difícil virarem. Convencida, entrei num deles!

caiaque 1

caiaque 2

caiaque 3

caiaque 4

Entrei, dei meia volta e fiz o Capitão Nascimento… pedi pra sair hehe. Mesmo eles parecendo estáveis, eu não sou, minha estabilidade na água é quase zero, e somando ao medo, acabo me mexendo mais do que aquele antigo grupo musical, o Rouge, dançando Ragatanga. O medo foi maior e abandonei o barco, literalmente. Mas a minha amiga Melissa desfrutou bastante do passeio e garantiu ser espetacular.

caiaque 5

caiaque 6

caiaque 7

caiaque 8

O resto do dia foi para aproveitar mais um pouco das piscinas. Como havia chovido, por segurança não fizemos o Arvorismo e o Pêndulo, que, junto com a escalada, são as outras opções de lazer do parque de aventuras.

Antes de voltarmos embora, fiz questão de conhecer a responsável pela minha overdose de Torta de Limão. A dona Ana, esposa do Seu Sérgio é quem faz essa delícia. Me deu vontade de trazê-la para Curitiba e garantir a sua Torta de Limão pro resto da vida. Mas acho que o Seu João e o Pedro não permitiriam.

cozinheiros

Sr. Sergio, dona Ana, Marlei, Sandra e Gustavo. Os responsáveis pelas delícias gastronômicas

nega maluca

Uma das delícias do café-da-manhã: Nega Maluca!

Como falei acima, pensei em várias maneiras de definir o Thermas de Sulina e acredito que a melhor definição é: um Complexo turístico inteligentemente pensado para o Ecoturismo. Um recanto para a família toda.

Diversão para adultos e crianças no Parque Aquático.
Adrenalina para os amantes de aventuras como Rapel, Tirolesa, Caiaque e Arvorismo.
Descanso e relaxamento para a Terceira Idade.
E o romantismo dos chalés para os casais.

flor 2

estacionamento

O estacionamento

estacionamneo 2

O contato com a natureza é tanto que é normal cruzar com seus habitantes pelas dependências do parque

llixeiras

A consciência ecológica está presente por todas as partes do complexo turístico

Ao total são nove chalés, todos equipados para receber uma ou mais famílias. Cada chalé acomoda até 8 pessoas. Possuem 2 quartos de casal com ar condicionado, 1 quarto de solteiro com duas beliches e ventilador, cozinha com utensílios, sala com TV, varanda com churrasqueira, 1 banheiro social, 1 banheiro com hidromassagem de água termal e sulfurosa, que hidrata a pele.

E não apenas isso.

cozinha

quarto casal

quarto solteiro

chalé, thermas de sulina

A história conta que no século 19, antes de existirem os medicamentos analgésicos, os banhos de água sulfurosa eram muito utilizados para o alívio das dores físicas. O enxofre, principal ingrediente deste tipo de água, auxilia nas crises do sistema respiratório, processos inflamatórios, alergias cutâneas e tensão muscular, entre outros benefícios. E para quem está saudável, ele melhora a circulação sanguínea, relaxa a musculatura e revigora o organismo.
Revigorante. Essa é a melhor definição para o que foi o meu fim de semana em Thermas de Sulina.

Para quem é de Curitiba, e só ouve falar em Thermas de Jurema, fica a dica para conhecer Sulina.

É o destino perfeito para um feriado prolongado. Renova as energias.

Valores:
Chalés – custam em média R$ 315 por pessoa a diária, com pensão completa. Para grupos com mais de duas pessoas, os valores reduzem mais. No valor da diária estão inclusos café, almoço e jantar. E acesso livre ao Parque Aquático.

Parque Aquático – o passaporte custa R$ 25 adulto e R$ 15 infantil. Abre das 8h às 19h.

Parque de Aventuras – Tirolesa custa R$ 20, o Pêndulo R$ 10, Escalada R$ 5 e Arvorismo R$ 20. Funciona aos finais de semana, das 15h às 17h.

Camping – R$ 50 a diária adulto com direito a usar as piscinas. E R$ 70 a diária com pernoite.
Restaurante – Almoço Buffet R$ 35 adulto e R$ 20 crianças de até 9 anos.

Restaurante – Almoço Buffet R$ 35 adulto e R$ 20 crianças de até 9 anos.

thermas00

Serviço:
Site: www.thermasdesulina.com.br
Endereço: Caminho das Águas, s/n, 85565-000 Sulina, Paraná.

****************

****** O Férias NOW! participou de um fim de semana de Midia Day para jornalistas. Não tive nenhum custo. Agradeço ao convite do Thermas de Sulina. Mas deixo claro que este NÃO é um post patrocinado. E toda opinião é estritamente pessoal. *********

Ledinara Batista

Ledinara é jornalista, blogueira e estudante de turismo. Curitibana que adora turistar pela cidade, descobrindo lugares novos. Principalmente se esses lugares tiverem doces, guloseimas e Nutella! Suas descobertas estão aqui, no blog Férias NOW, onde dá dicas para você tirar férias, nem que seja em pensamento.

Leave a Reply