Meu Roteiro Gastronômico nos Jardins – 8 opções para conhecer em São Paulo

destaque

Em julho organizei uma viagem daquelas rapidinhas até São Paulo por um motivo super bacana: me encontrar pessoalmente com uma blogueira que conheci através do Snapchat, a Magê, do blog Milão nas Mãos.

E por conta disso eu teria dois dias e meio para descansar um pouquinho e claro, saborear as gostosuras paulistanas.

Minha localização ajudou MUITO. Fiquei hospedada no hotel Quality Suítes Imperial Hall, nos Jardins. Essa região é conhecida por ter inúmeras e excelentes opções gastronômicas. E o mais divertido: que podem ser percorridas a pé, pela charmosa rua Oscar Freire.

img_0829

Famoso painel do artista Kobra, na Oscar Freire.

Por isso, nesse tempo que passei, fui procurar delícias que ainda não conhecia, restaurantes que queria conhecer e docerias que já conhecia e queria voltar. E minhas andanças e comilanças resultaram num Top 8 de lugares para vocês conhecerem. Preparados?

.

01 – Cão Veio

cao-veio

Um dos lugares que estavam no topo da minha lista era o restaurante Cão Veio, do chef Henrique Fogaça. Fui para almoçar sem fazer reserva. Como era meio da semana (quarta-feira), a fila de espera estava pequena. Esperei cerca de 30 minutos até conseguir uma mesa. Mas valeu a pena. Durante a semana eles servem almoço executivo.

Minha escolha foi a Costela do Cão, que, à primeira vista, a descrição me pareceu uma poesia. “Costela suína marinada na cachaça e mel, assada lentamente e servida com pimenta de maracujá, com farofa de milho, rúcula precoce, tomate cereja e mandioca cremosa.”

O prato ainda vinha com opção de entrada e de sobremesa. Pulei a salada e de sobremesa escolhi uma tortinha de banana, que estava divina.

A refeição completa (entrada, prato principal, sobremesa) saiu por cerca de R$ 35.
Além da comida saborosa, a decoração singular também é bem interessante. Um lugar agradabilíssimo para comer bem e pagar pouco.

Onde fica:
R. João Moura, 871 – Pinheiros

.
2 – Sonheria Dulca

img_0816

A Sonheria tem uma loja pertinho do hotel. Mas foi como mimo do Quality, que experimentei um delicioso sonho da loja.
Passei em frente algumas vezes e acabou não dando tempo de conhecer a loja em si. Vi que o cardápio deles é extenso, com diversos sabores de sonhos. Vale a pena conhecer.

Onde fica:
R. Bela Cintra, 2023 – Jardins

3 – Santo Pão Boulangerie

sto-pao

A Sto Pão eu conheci depois de pedir uma dica de lugar para almoçar à blogueira Tamy Roxo, do @boccanervosa.
Ela disse que a Santo Pão oferecia opções mais saudáveis e gostosas para o almoço mais tardio (perto das 15h).

Quase na esquina com a rua Oscar Freire, a casa de pães artesanais é linda. Um lugar gostoso tanto para almoçar, quanto para um café da manhã ou da tarde. É aquele tipo de lugar ‘coringa’, para ir a qualquer hora do dia.
Pedi uma massa integral e um suco de frutas vermelhas. Obrigada pela dica Tamy!

Onde fica:
R. Padre João Manuel, 968 – Jardim Paulista

.
4 – Bacio di Latte

img_0835

Lembram que eu falei no início do post que fui à São Paulo para me encontrar com a Magê? Pois então, o encontro foi na Bacio di Late.

Eu já tinha experimentado os sorvetes da marca no aeroporto algumas vezes. A loja é um charme e tem muito mais opções de sabores.

O meu sabor preferido é sempre o Nutellina. O sorvete é bastante cremoso e a ideia é lembrar os gelatos italianos. Além disso, também servem cafés e chocolate quente (lindo, porque vi o de uma colega).

Onde fica:
R. Bela Cintra, 1829 – Consolação

.
5 – Lanchonete da Cidade

img_0847

Depois do encontrinho, que terminou de noite, fomos ‘jantar’. Acabamos indo parar na Lanchonete da Cidade. Ouvi dizer que é uma rede famosinha em São Paulo, mas eu ainda não conhecia. O cardápio de lanches é bem convidativo, mas o que me chamou MUITO a atenção foi o hot dog com salsicha de vitela!

E quando eu digo que chamou a atenção é porque eu pedi um, por curiosidade. E gostei tanto, que acabei repetindo. Sim, DOIS hot dogs, por desencargo de consciência!

Onde fica:
Al. Tietê, 110 – Jardim Paulista

.

6 – La Guapa

img_0902

Outro lugar que estava na minha lista era o La Guapa, da chef Paola Carosella. Alguns amigos haviam recomendado muito as empanadas servidas no café dentro da Livraria da Vila. Então, logo depois de almoçar e tomar um café com brigadeiro, fui saborear as tão faladas empanadas.

Escolhi a de frango caipira com legumes e ervas frescas porque era uma das poucas opções que não levava queijo. Mas posso dizer que acertei em cheio! Deliciosa e muito bem recheada!

Onde fica:
Al. Lorena 1.731 – Jd. Paulista

.
7 – Casa Bauducco

bauduccco

Das outras vezes que estive em São Paulo, sempre passava em frente à Casa Bauducco, mas nunca tinha entrado. Que arrependimento!

Uma amiga me recomendou experimentar uma fatia de panetone tostada, que era um dos carros-chefes do cardápio do café. A loja é pequena e também serve cafés.
Como eu tinha acabado de comer uma empanada – sim, eu saí da La Guapa, atravessei a rua e fui comer panetone – fiquei com receio de escolher o que levava Nutella por cima. Optei pelo mais simples: uma fatia de panetone de laranja, tostada e polvilhada com açúcar e canela. Quentinha!!!

Se eu já amo panetone normal, descobri que posso amar ainda mais se ele for de laranja e tostado. Por sorte, eles vendem fatias embaladas individualmente para você tostar em casa. Trouxe mais três fatias para Curitiba.

Certamente é um dos lugares que SEMPRE que eu estiver em São Paulo, independentemente do bairro em que eu estiver, precisarei passar por lá e comer isso novamente.

Onde fica:
Al. Lorena 1.682 – Jd. Paulista

.
8 – Chocolat Du Jour

dujour

Conheci a Chocolat du Jour há dois anos, quando fiz o tour da Savor. Então, decidi voltar para degustar algum dos chocolates deles e rever a loja, que é linda.
Como já estava saciada com o panetone (e a empanada, o café com brigadeiro, os 2 brigadeiros e o almoço – sim, foi tudo isso numa sequência), decidi experimentar um chá diferente: o Choco Chá!

Segundo o cardápio, era mais do que isso. É uma experiência para enganar o cérebro.
Uma infusão produzida com a amêndoa torrada do cacau fino, acompanhado de um pirulito rendado de chocolate.

A experiência consiste em primeiro sentir o aroma, que é de chocolate. Em seguida você bebe um pouquinho e sente o gosto de chocolate, porém sem a espessura de um chocolate quente. E por último, come um pedaço do pirulito de chocolate, deixa dissolver na boca e em seguida toma mais um pouco de chá. O sabor de chocolate é intenso. É como se você estivesse tomando um chocolate quente, porém é um chá. Engana a mente direitinho. Recomendo!

Onde fica:
Rua Haddock Lobo, 1421 – Cerqueira César

.
E esses foram as 8 experiências gastronômicas que encontrei no Jardins e que, tenho certeza, é quase nada da quantidade de opções gastronômicas que se encontra por ali.

O Jardins é uma região incrível para se hospedar mesmo que você não queira fazer compras. A gastronomia ali é sempre um convite a voltar mais e mais vezes a São Paulo.

img_0942

Ledinara Batista

Ledinara é jornalista, blogueira e estudante de turismo. Curitibana que adora turistar pela cidade, descobrindo lugares novos. Principalmente se esses lugares tiverem doces, guloseimas e Nutella! Suas descobertas estão aqui, no blog Férias NOW, onde dá dicas para você tirar férias, nem que seja em pensamento.

One Response to “Meu Roteiro Gastronômico nos Jardins – 8 opções para conhecer em São Paulo”

  1. avatar
    1
    deborah Says:

    Que delicia de lugares!

Leave a Reply