Como é fazer o passeio noturno na Litorina de Luxo

destaque viagem

Há tempos eu queria fazer um passeio diferente, aqui em Curitiba. Mas não se trata de um passeio qualquer, é algo cheio de charme e estilo: a Litorina de Luxo.
Peraí, mas você já não fez esse passeio Ledinara? Fiz! Mas não o PASSEIO NOTURNO!!!

Em 2013, viajei na Litorina pela primeira vez, durante uma ação do Curitiblogando.

Para quem não conhece, a Litorina é composta por dois vagões com decorações inspiradas nos tempos áureos dos caminhos de ferro brasileiro. Um dos vagões é o Copacabana, que traz na decoração um mesclado das calçadas cariocas e, a o outro vagão é o Foz do Iguaçu, com sua decoração retratando a fauna e flora da Mata Atlântica.

Na Litorina de Luxo você faz mais do que uma simples viagem pela Serra do Mar. Você viaja no tempo!!!
Sabe aquelas viagens de trem que a gente vê nos filmes de época? É bem parecido!
Como eu já conhecia o passeio tradicional, sempre morria de curiosidade de conhecer o passeio noturno. Então, mês passado, a convite da Serra Verde Express, finalmente matei a vontade. E agora vou contar pra você como é essa experiência de viajar a bordo do único Trem de Luxo do Brasil.
IMG_3855

IMG_3856
O passeio noturno é feito apenas algumas datas do mês. A quantidade de datas varia de mês para mês. Em fevereiro, por exemplo, tiveram duas. Já em junho, o calendário conta com quatro datas, afinal, é o mês dos namorados.
Fiz o passeio numa sexta-feira. O luxo e o charme já começaram na recepção. Às 19h30, quando cheguei à estação, fui recebida com música ao vivo e um cocktail. Sim, tinha um garçom servindo espumante à vontade!!!

IMG_2773

IMG_3877

Naquela noite os vagões estavam lotados. Havia um grupo de turistas, inclusive. O trem partiu pontualmente às 20h.
O tempo do trajeto é curto e durante o percurso, um garçom continuou a bordo servindo café, chá e água. A viagem durou cerca de 45 minutos. Logo chegamos ao restaurante Obra Prima, em Piraquara.
Para quem não conhece Curitiba, o município de Piraquara faz parte da região metropolitana da capital.

IMG_3857

IMG_3858

IMG_3859

IMG_3860

IMG_3861

O trem para quase na porta do restaurante, que está instalado num casarão construído na década de 20. Ali morava um empresário bastante influente naquela época, chamado Antônio Meirelles. Ele construiu a casa em 1923 e ela era, ao mesmo tempo, sua moradia (na parte de cima) e sua loja (na parte de baixo).

IMG_3863

IMG_3864

Hoje, a estrutura original abriga o restaurante franco-italiano Obra Prima. Ali, tudo é feito artesanalmente e as opções do buffet são bem variadas. O jantar faz parte do pacote. Basta entrar, escolher uma mesa e se servir. Apenas as bebidas é que são à parte. O vinho, por exemplo, é simples, portanto, barato.
IMG_3865

IMG_3866

IMG_3868

IMG_3867

IMG_3871

IMG_3870

Aaahhh! As sobremesas!

IMG_3869
Lembram que eu comentei que havia música ao vivo na recepção, na estação de trem? Pois o músico nos acompanha no passeio e faz um pequeno show durante o jantar.
Ali ficou mais claro que o passeio é estritamente romântico. Fica a dica para os casais.

Perto das 22h30, o mesmo cantor anuncia, de um jeitinho especial, que está na hora de partir. A música “Trem das Onze” é o sinal de que o jantar terminou e que o trem já vai partir.

IMG_3873

IMG_3874

IMG_3875

IMG_3876

Vai dizer que não parece confortável?

No trecho da volta, é hora de começar a voltar – lentamente – à vida real. São 40 minutos de trajeto, naquele gostoso balanço do trem.
Nessa hora, o chá e o café servidos no vagão, ajudam a espantar o sono até a chegada em Curitiba.

IMG_3879

Na estação de trem tem uma maquete linda com uma cidade em miniatura.

IMG_3878

Vale a pena perder alguns minutinhos observando os detalhes.

IMG_2799
O passeio custa R$ 209 por pessoa e neste valor já está incluso o jantar. Não considero que seja um valor caro para a experiência que o passeio proporciona.

Uma experiência única! Ideal não apenas para os turistas, mas recomendada aos curitibanos. Afinal, a gente não precisa ir muito longe para viajar.

Confira mais um pouquinho desse delicioso passeio…

SERVIÇO:
Passeio Noturno de Litorina Luxo
Para ver as datas, acesse ESTE SITE. 

Mais informações: www.serraverdeexpress.com.br.

*** Este não é um Post Patrocinado. O passeio foi um convite da empresa Serra Verde Express. As opiniões são estritamente pessoais e de acordo com as percepções da blogueira. ***

Ledinara Batista

Ledinara é jornalista, blogueira e estudante de turismo. Curitibana que adora turistar pela cidade, descobrindo lugares novos. Principalmente se esses lugares tiverem doces, guloseimas e Nutella! Suas descobertas estão aqui, no blog Férias NOW, onde dá dicas para você tirar férias, nem que seja em pensamento.

3 Responses to “Como é fazer o passeio noturno na Litorina de Luxo”

  1. avatar
    1
    Como é fazer o passeio noturno na Litorina de Luxo - Agregador De Viagem Says:

    […] By Leidinara Batista […]

  2. avatar
    2
    Thais Towersey Says:

    Adoreeeeei! Estava super curiosa para saber se valia a pena fazer esse luxo na próxima ida a SP, e com certeza farei!
    O vídeozinho no final também ficou show 😉

    Beijão Leidi!

  3. avatar
    3
    Vanessa Brollo Says:

    Que delícia de passeio. Super diferente!

    Obrigada por compartilhar

    Beijos

    Vanessa Brollo

Leave a Reply