Brasil – Europa voando pela Ibéria

Quando comprei minha passagem para a Espanha fiz como a maioria das pessoas fazem, opta pela companhia aérea que tiver a tarifa mais barata. No meu caso foi a Ibéria, companhia aérea espanhola. Só depois de comprar é que tomei conhecimento de algumas avaliações negativas que rolam na internet sobre a empresa, mas aí já não dava mais para mudar, era esperar para ver.

Meu vôo saiu dia 10 de dezembro do aeroporto de Guarulhos. Para minha surpresa foi pontual. Onze horas de vôo e cheguei à Madrid. Então para tranquilizar quem possa ter as mesmas dúvidas que eu tinha, resolvi fazer esse post avaliativo sobre a companhia aérea.

Nas avaliações que li diziam que as comissárias de bordo não eram ‘aeromoças’ e sim ‘aerovelhas’, um pouco grosseiras. Realmente as comissárias estão na casa dos 40 anos para cima, mas não vi nenhuma ser grosseira com nenhum passageiro, são até bem simpáticas.

Outra coisa que li era que os aviões são velhos. Verdade, mas mesmo assim as poltronas não são de todo ruim. Na ida elas tinham um encosto para a cabeça que era regulável. Quando fechado ele servia como apoio na hora de dormir, dando um pouco mais de conforto. Já na volta o espaço entre as poltronas era maior, porém não tinha os encostos reguláveis. Tanto na ida quanto na volta havia um kit com travesseirinho e cobertor.

E algo bacana que tinha no avião da ida era a câmera do lado de fora, que permite acompanhar a decolagem e a aterrissagem.

De maneira geral eu gostei da Ibéria. Não era nada do que eu temia. Num comparativo com a companhia aérea Alitália (que voei em 2008), prefiro a espanhola, sem sombra de dúvidas.

Ledinara Batista

Ledinara é jornalista, blogueira e estudante de turismo. Curitibana que adora turistar pela cidade, descobrindo lugares novos. Principalmente se esses lugares tiverem doces, guloseimas e Nutella! Suas descobertas estão aqui, no blog Férias NOW, onde dá dicas para você tirar férias, nem que seja em pensamento.

Leave a Reply